All
0
Assessoria
0
Branding
0
Inbound
0
Notícias
0
OWL Interativa
0
Sem Categoria
0

Como utilizar vídeos nas redes sociais? – PT 3

setembro 20, 2018
Preparados para a nossa última dica de como utilizar vídeos nas redes sociais? Pois, então, pegue o papel e a caneta para anotar essa superdica. Dica #3 – Atenção ao som É importante que você procure produzir um conteúdo que seja compreensível mesmo sem o áudio. Isso não significa que o som deva ser descartado. Acontece que em muitas redes sociais é comum que os vídeos sejam reproduzidos automaticamente. Por definição, muitos desses vídeos são executados no mudo. Por isso, se você caprichar as imagens e oferecer logo de cara os principais atrativos do seu vídeo, você já consegue atrair a atenção do público e ele vai corresponder ativando o áudio. Umas das estratégias eficazes para quem não quer ficar refém do áudio é abusar das animações ou das legendas. Como esses elementos são visuais, eles conseguem se destacar durante o vídeo, despertando a curiosidade do internauta. Viu só como mostramos ao longo dessa série que utilizar vídeos na rede social é uma ótima pedida para o marketing digital? Coloque essas dicas em prática e conte pra gente os resultados!

Primeiros passos no ambiente virtual: com o que devo ter cuidado?

setembro 19, 2018
A internet já se provou um excelente e meio de comunicação e uma ferramenta de marketing de grande potencial. Não é à toa que mais serviços e negócios tem migrado ou expandido para o ambiente virtual. O motivo? A audiência crescente dos meios digitais e a possibilidade de fechar mais negócios. Por exemplo, você sabia que a cada 1 minuto são publicados 3,3 milhões de posts no Facebook? E que são enviadas 29 milhões de mensagens pelo WhatsApp? Pois é, quem estiver por fora dessa onde, com certeza, está perdendo grandes oportunidades. No entanto, a internet não é um mar de flores. Pensando nisso, elencamos algumas coisas com as quais você deve ter cuidado ao ingressas no ambiente virtual. Com o que devo ter cuidado? 1 – Fakes Os perfis falsos podem gerar uma tremenda dor de cabeça para as marcas que ingressam nas redes sociais e não tomam as devidas precauções. Os chamados fakes utilizam da identidade visual e de informações de uma figura pública, empresa ou até mesmo governo. Em alguns casos não causam dano algum, mas usuários mal-intencionados podem aplicar golpes em outros usuários com a finalidade de roubar dados ou mesmo dinheiro das vítimas. Por isso, é fundamental que sua marca faça o registro do seu domínio nas redes sociais – processo que ensinamos como realizar nesta matéria. 2 – Haters Quem não está preparado para lidar com as críticas deve evitar entrar na internet. Afinal, a web é uma grade rede, onde as pessoas podem interagir a todo momento. Nem sempre essas interações geram comentários positivos, por tanto, é bom saber como vai lidar com uma reclamação ou outra. Ok, isso você já deve saber, mas uma novidade para você podem ser os haters. Não conhece? São os odiadores da sua marca. Eles costumam perseguir os perfis de seus alvos e sempre que possível registram reclamações, fazem piadas ou tentam abalar a reputação da sua empresa.  Por maior que seja a sua qualidade, ninguém está livre dos haters. Então, saber como se comportar diante de um desses na internet é fundamental. 3 – Fake News Por fim, um grande risco do qual uma empresa pode correr ao estar na internet são as fake news. As notícias falsas podem trazer grandes prejuízos a uma marca ao circularem entre os usuários informações mentirosas e difamatórias sobre uma empresa.  Nesses casos, o mais indicado é monitorar as mídias sociais e ao detectar uma fake news, agir rapidamente para desmenti-la.    

Como utilizar vídeos nas redes sociais? – PT 2

setembro 13, 2018
Chegamos a nossa segunda dica da série “Como utilizar vídeos nas redes sociais?” Hoje, vamos ensinar como tirar proveito de uma funcionalidade nova, mas que dá muito resultado se for feita da forma correta. Estamos falando das transmissões ao vivo, uma ferramenta suportada por redes sociais como o Facebook e o Youtube e que está em alta no marketing digital. Se você não quer ficar de fora dessa tendência, então é bom ficar de olho nesta dica: #2 – Transmissão Ao Vivo As transmissões ao vivo de eventos, tutoriais ou de capacitações é uma tendência que tem dado ótimos resultados. O sucesso é tão grande que cada vez mais redes sociais tem permitido essa funcionalidade aos seus usurários. A grande sacada dos vídeos ao vivo está na instantaneidade do conteúdo, o que gera uma sensação de urgência. Sem falar que para os usuários, os vídeos ao vivo são mais interessantes pela possibilidade de interagir com o conteúdo, aumentando em o engajamento. Antes de fazer uma transmissão ao vivo avalie se o conteúdo que você for exibir é de interesse do seu público-alvo. Não adianta nada estar transmitindo algo que não vá despertar e manter atenção em quem for assistir. Você também não precisa fazer algo muito grandioso e longo. Poucos minutos são suficientes para passar a sua mensagem e impactar pessoas. Por exemplo, se você trabalha no comércio, você pode fazer uma pequena “live” de 5 minutos assim que abrir a sua loja. Convide os clientes a conferirem os produtos em promoção e mostre as suas funcionalidades. Você pode, inclusive, fazer uma promoção relâmpago com duração de poucos minutos em sua transmissão. Há quem consiga esgotar o estoque em questão de minutos!

Como utilizar vídeos nas redes sociais? – PT 1

setembro 12, 2018
Os vídeos estão com tudo nas redes sociais. Admita, você já deve ter parado alguns segundos ou minutos do seu dia para assistir aquele vídeo estrelado por alguma web celebridade, não é verdade? Pois é, isso é apenas uma prova do sucesso que este tipo de conteúdo anda fazendo na internet. Mais do que apenas uma forma de entretenimento, o vídeo quando bem direcionado é uma excelente forma de valorizar a sua marca. Não estamos falando apenas dos famigerados comerciais, mas também de vídeos que venham trazer informações ao seu público. Como já mencionamos em outras oportunidades, solucionar problemas, oferecer conteúdo de qualidade e de forma rápida são as palavras de ordem no marketing digital. Se você gostaria de surfar na onda dos vídeos, mas não sabe como utilizá-los a seu favor, não se preocupe, pois separamos 3 dicas de como utilizar os vídeos nas redes sociais. Neste post vamos lançar a primeira dica, por tanto, fique atentos as nossas postagens para não perder as próximas. #1 Vídeos curtos Objetividade é crucial para reter a atenção dos internautas. Afinal de contas, o nosso dia a dia exige essa dinamicidade e selecionar o que nos interessa nos permite poupar um tempo precioso. A nossa dica número 1 se você vai utilizar vídeos em sua rede social é apostar em conteúdos interessantes e curtos. Vídeos de até 1 minuto conseguem prender a atenção dos internautas do que aqueles mais longos. Por isso, tente chamar a atenção já nos primeiros segundos para que o seu público se mantenha interessado e motivado a assistir até o fim. Uma outra dica pra você não é errar é utilizar o formato “faça você mesmo” que tem atingido bons resultados e você adaptá-lo para utilizar em suas postagens para tirar proveito do impacto que esse formato tem. Gostou da dica? Então não perca dica #2.

O que é e para que serve o selo de página verificada do Facebook?

setembro 6, 2018
Todos os dias, milhares de páginas de todos os tipos são criadas no Facebook. Isso se intensifica ainda mais quando um novo meme viraliza e muita gente aproveita para tirar uma “casquinha” desse sucesso. Agora, imagina que você tem uma marca muito famosa ou criou uma bastante criativa e de repente surgisse uma mais fanpages idênticas a sua. Isso não é nem um pouco agradável, não é mesmo? Uma das principais consequências negativas dessa situação é que os seus clientes/ consumidores podem se confundir quanto a autenticidade da página e acabar curtindo uma que não é oficial e que pode divulgar informações erradas sobre a sua empresa. A melhor forma de evitar esse tipo de coisa é fazendo a verificação da sua página. Para fazer isso é bem simples! É só acessar o menu “Configurações” da página; acessar a guia “Geral”; selecionar o menu “Verificação da Página”, clique em “editar” e, em seguida, clica em “Verificar esta página”. Após isso, uma nova caixa de diálogo vai aparecer, basta seguir os processos indicados nas próximas telas. O sistema implantado pelo Facebook é totalmente automatizado. Dessa forma, em poucos minutos ele entra em contato com sua empresa através do telefone cadastrado. Aí é só inserir o código de verificação e pronto! Fácil, não é? Assim que o processo é concluído, um selo é exibido ao lado do nome da sua página. Ele serve como um atestado de que a página é oficial e pertencente a empresa/ marca que ela representa.

3 Motivos para contratar uma agência de marketing

setembro 4, 2018
O Marketing tem se provado uma ferramenta essencial para o sucesso das empresas. Afinal, a falta de investimentos no marketing de uma empresa reflete justamente nos resultados, pois o setor cuida exatamente das estratégias que podem potencializar as vendas, estudando o comportamento do público, o que inclui entender como sua marca é vista e percebida por ele. Algumas empresas até contam com um setor próprio para gerir o seu marketing, mas nem sempre essa é uma realidade para muitos empreendedores. E mesmo contando com o setor, muitos serviços e atividades podem não ser produzidos devido a falta de profissionais ou de recursos. Para esses e outros casos, é fundamental contar com serviços de uma agência de marketing. Abaixo listamos 3 motivos para contratar uma agência: 1 – Expertise A primeira e maior vantagem de contar com uma agência de marketing é o fato de estar contratando uma empresa formada por profissionais e especialistas na área. Dessa forma, as ações, campanhas e conteúdos são produzidos com o máximo de conhecimento em estratégias para se atingir os objetivos. 2 – Investimento Com uma agência de marketing sua empresa poupa tempo não vai precisar dedicar um tempo para treinar um novo colaborador para gerir o marketing da sua marca. A agência já conta com esse perfil de profissionais preparados para o trabalho. 3 – Produtividade Um trabalho conjunto entre a sua empresa e a agência aumentará a produtividade de materiais. Sua empresa fornece as informações e a agência poderá criar peças e demais materiais para colocar seus produtos e serviços em destaque. E aí ficou convencido? Não deixe de entrar em contato conosco. Anote nosso telefone: (24) 2220-2307

Métricas para ficar de olho no seu Facebook

agosto 30, 2018
Nós, aqui no blog, já falamos algumas vezes sobre as métricas que o Facebook fornece aos administradores de suas páginas. Esses dados são de suma importância para otimização das suas campanhas de marketing na rede social. Afinal, estamos falando de uma plataforma com mais de 2 bilhões de usuários, dos quais 102 milhões de brasileiros acessam todos os meses, segundo o levantamento do próprio Facebook. Por tanto, nada mais justo que dar a devida atenção ao desempenho da sua página. Nesta matéria listamos as 4 métricas para ficar de olho no seu Facebook e potencializar ainda mais seus resultados na rede social. Como acessar as métricas da sua página Em primeiro lugar, para que você possa conferir as métricas de uma página, você precisa acessar a guia “Informações”, exibida na barra de navegação do topo da página. Na tela seguinte serão exibidas informações gerais da página. Clicando nas categorias à esquerda, você consegue visualizar dados mais detalhados. 1 – Curtidas Essa categoria mostra ao usuário o número total de pessoas que curtiram sua página. Você pode configurar o período de tempo a ser analisado, além de conferir um gráfico detalhado por mídias paga e ações orgânicas. É importante ficar atento ao número de usuários que descurtiram sua página. Se o valor for muito alto, é indicador de que talvez seus conteúdos não tem agrado ao seu público. 2 – Alcance Aqui é exibido o número de pessoas que foram atingidas por qualquer publicação da sua página. É interessante ficar atenta a essa métrica, pois ele traz dados detalhados por total, orgânico e promoções. Lembrando que quanto maior o alcance, maiores são as chances de que seu conteúdo engaje mais pessoas. No entanto, o alcance orgânico, isto é, aquele não pago, está sendo cada vez menor. Sem o impulsionamento, é estimado que no máximo 3% dos seus curtidores recebam seu conteúdo no feed de notícias. 3 – Publicações Nesta categoria você acompanha informações referentes às publicações da última semana. É uma métrica pra lá de importante para que você tenha um panorama do comportamento dos seus fãs considerando dias e horários. 4 – Pessoas Por fim, na métrica de Pessoas, você tem acesso aos dados demográficos das pessoas que curtiram a sua página. Você consegue conferir as informações de idade e gênero disponíveis em seus perfis de usuário.  

Conheça as 20 marcas mais valiosas do Brasil

agosto 28, 2018
Você já teve curiosidade de saber quais são as marcas nacionais mais valiosas? Pois então pare tudo que está fazendo agora que sua curiosidade será sanada agora. Acontece que saiu segundo a edição 2018 do ranking anual BrandZ Brasil, realizado pela WPP e Kantar. O ranking elencou as 20 marcas mais valiosas do Brasil. Além de reportar as marcas mais valiosas, a pesquisa apontou o percentual de valorização em relação ao ranking anterior. Todas apresentaram melhora, exceto a Sadia, que retraiu 22%. Juntas, o top 20 das marcas nacionais representa um valor equivalente a US$ 50 bilhões de dólares. Confira abaixo o ranking: TOP 20 1º           Skol       8,26 bilhões       8,14 bilhões       1% 2º           Bradesco             7,01 bilhões       4,43 bilhões       58% 3°            Itaú        6,19 bilhões       4,35 bilhões       42% 4º           Brahma 4,47 bilhões       4,38 bilhões       2% 5º           Globo   4,31 bilhões       4,12 bilhões       5% 6º           Antarctica           2,97 bilhões       2,85 bilhões       4% 7º           Bohemia              1,60 bilhão         1,57 bilhão         2% 8º           Sadia     1,46 bilhão          1,88 bilhão         -22% 9º           Ypê        1,39 bilhão          1,13 bilhão         24% 10º         Natura  1,35 bilhão          1,25 bilhão         7% 11°         Ipiranga               1,26 bilhão         976 milhões       30% 12°         Embratel             1,14 bilhão         não integrava a lista       — 13°         Lojas Americanas            1 bilhão               731 milhões de dólares 40% 14°         NET        939 milhões       não integrava a lista       — 15°         Porto Seguro     922 milhões       640 milhões       44% 16º         Vivo       874 milhões       775 milhões       13% 17°         Renner 820 milhões       684 milhões       20% 18º         Caixa     790 milhões       703 milhões       12% 19º         Petrobras            788 milhões       719 milhões       10% 20º         Pão de Açúcar   768 milhões       442 milhões       74%

O jogo virou: Whatsapp vai punir empresas que demoram a responder

agosto 22, 2018
Se tem algo que irrita bastante um consumidor ou cliente de uma empresa é ter um atendimento ruim. Quem nunca ficou sem resposta em uma rede social ou plataforma de comunicação que atire a primeira pedra. Brincadeiras à parte, a falta de interação é algo que deve ser evitada ao máximo por uma empresa. Esse tipo de situação afeta negativamente a reputação de uma marca na percepção de um cliente. Atenta a essa realidade, a equipe por trás do desenvolvimento do Whatsapp parece ter encontrado um jeito de forçar as repostas serem mais rápidas: cobrando um valor para mensagens não respondidas. Vai doer no bolso? A estratégia utilizada pelo Whatsapp não se trata apenas de uma benfeitoria da empresa. Por trás dessa iniciativa existe um interesse: gerar receita através do aplicativo. Esse já é um desejo antigo da equipe de desenvolvimento, uma vez que, a plataforma é bem popular e lá começo tinha uma política de pagamento de US$1 dólar anual pela sua utilização. Com a aquisição do app pelo empresário Mark Zuckerberg, essa tarifa foi eliminada. Como vai funcionar? A novidade veio por meio de uma nova API para o Whatsapp Business. Para quem não está familiarizado com os termos, API, se for explicada de forma simples trata-se de uma interface de programação, ou seja, um software embarcado na construção do aplicativo responsável por se comunicar com outras plataformas e dar suporte para a execução de tarefas. No caso da nova API do Whatsapp Business, as empresas poderão responder gratuitamente seus clientes pela plataforma em até 24 horas. Ultrapassado esse limite, a ferramenta cobrará um valor de US$ 0,5 centavo a 9 centavos de dólar por texto, dependendo do país. Apesar de parecer uma medida punitiva, a estratégia vai forçar com que as empresas se esforcem um pouco mais na hora de responder as mensagens. Dessa forma, o app se torna uma alternativa mais em conta e ágil para atender clientes e consumidores.

3 sites de imagens gratuitas para seus posts

agosto 17, 2018
Quem trabalha com redes sociais provavelmente já passou pelo “aperto” de precisar de uma imagem específica para ilustrar um post e não encontrar. Esse é um problema frequente e até mesmo nós passamos por isso. Claro, que muitas vezes podemos produzir essas imagens, mas e quando não é possível? Aí é preciso recorrer aos bancos de imagens para produzir aquele post. Pensou que o trabalho acabou por aí? Acontece que muitos desses sites vendem as licenças de uso das imagens, o que nem sempre é viável para quem trabalha como freelancer, por exemplo. Por sorte, ainda existem vários bancos de imagens gratuitos com um acervo repleto de belas fotos e artes. Pensando em dar uma mãozinha a quem sofre com esse problema, listamos aqui 3 sites de imagens gratuitas para seus posts: 1 – Free Pik O Free Pik é um site muito conhecido por quem mexe com redes sociais e design em geral. Ele reúne uma série de imagens, tanto foto quanto vetores, que podem ser baixadas e utilizadas gratuitamente. O principal atrativo desse banco de imagens é a qualidade do material postado. Os vetores e fotos são de alta resolução e fáceis de serem editados. Ah, vale lembrar que o Free Pik tem suporte ao português, portanto, fazer uma busca na plataforma não é nenhum sacrifício. 2 – Pixabay Outro ótimo site para baixar imagens gratuitas e de qualidade é o Pixabay. O acervo é um pouco menor do que o do Free Pik, mas ele reúne boas obras em alta resolução. Você pode fazer o download sem nem precisar se registrar no site. Ah, ele também possui suporte ao português. 3 – Wikimedia Commons Por fim, temos o Wikimedia Commons, que traz não só boas imagens de domínio público como também possui arquivos de áudio e vídeo, ou seja, você tem acesso a um acervo ainda mais variado. Gostou da nossa seleção? Não perca nossos próximos posts, pois vamos elencar alguns sites para download gratuito de vídeos. Não perca!

Como colocar sua empresa no Google?

agosto 14, 2018
Você provavelmente ao pesquisar por uma empresa ou serviço no Google já se deparou com uma janela com informações sobre o empreendimento em questão, não é verdade? Não pense que a gigante das buscas é uma espiã e anda coleando dados dos negócios de todo mundo e indexando em seus servidores…bom, ela pode até fazer isso, mas esse é um assunto para outra matéria. A verdade é que essa janela existe para que os clientes possam obter informações relevantes e possam entrar em contato com as empresas mais facilmente. Fazer com que sua marca seja encontrada de forma rápida e prática pelo Google é muito importante. A sua empresa está aparecendo nas buscas? Se a sua resposta for “não”, é hora de mudar isso. Nesta matéria vamos mostrar um passo a passo de como colocar sua empresa no Google. Siga nossos passos e apareça para seus clientes! 1 – O primeiro passo é acessar a sua conta Google. Faça login no Gmail ou crie uma nova conta: 2 – Após acessar a sua conta, abra uma nova aba no navegador e busque por “Google Meu Negócio” na barra de busca. Ao abrir o site, clique no botão “Acesse Sua Conta”. 3 – O próximo passo é inserir o nome da sua empresa. 4 – Na próxima tela, insira os dados de sua empresa. 5 – Escolha a categoria da sua empresa ou busque por uma na barra de busca. 6 – Insira as informações de contato da sua empresa. 7 – Conclua o cadastro da sua empresa. 8 – Agora, escolha a forma de confirmação do endereço físico da sua empresa. Há duas opções: a confirmação via telefone (mais rápida) e via cartão-postal do Correios (gratuita, porém leva em média 15 dias para confirmação de endereço. 9 – Finalize seu cadastro preenchendo os campos de informações acerca da sua empresa, como horário de funcionamento, descrição, fotos, etc. 10 – Ao final do processo, sua empresa será encontrada da seguinte forma nas pesquisas do Google:

OWL marca presença na celebração de 10 anos da TTR Vidros

agosto 8, 2018
Nesta quarta-feira, 8, a TTR Vidros, cliente parceira da OWL Interativa, está celebrando seus 10 anos de atividade. Para comemorar a ocasião, a empresa promoveu um evento de recepção aos clientes e parceiros comerciais com direito a palestras especiais, voltadas ao aprimoramento da gestão de negócios. Uma das palestras será ministrada pelo diretor da OWL Interativa, Rafael Moraes. “Para mim fazer parte deste momento tão importante na história da TTR Vidros é uma honra. Não temos apenas uma relação comercial, somos realmente parceiros. Confiamos no trabalho da TTR  e eles no nosso. Ser convidado para falar sobre redes sociais e atendimento só prova o quanto nosso relacionamento é saudável”, avalia Rafael Moraes. O diretor da TTR Vidros, Vinicius Marques, explica que o objetivo da realização do evento não era apenas comemorar os 10 anos da empresa, mas também “traçar caminhos e pensarmos juntos em estratégias para nos diferenciarmos no mercado”, pontua. A palestra Com tema “Redes sociais e atendimento ao cliente: erros e acertos”, Rafael Moraes vai abordar como uma empresa deve se inserir e se posicionar no ambiente digital. O foco está na construção do espaço da rede social como um canal de relacionamento entre empresa e clientes, destacando os pontos positivos e negativos. “Ter presença digital no mundo de hoje é fundamental, uma vez que, a população está cada vez mais conectada. As pessoas buscam por agilidade e praticidade, e a internet oferece tudo isso. Quem não está na internet está perdendo uma importante vitrine para o seu negócio”, destaca Rafael. A palestra será como um mini curso intensivo de marketing digital. Serão abordados tópicos, como: planejamento de postagens, periodicidade, criação de personas, etc. O objetivo é que os 50 convidados, entre vidraceiros e demais profissionais do setor do vidro, possam aprimorar a gestão dos seus empreendimentos nas redes sociais. Conteúdo Os participantes ainda poderão baixar gratuitamente um manual de cadastro no “Google Meu Negócio”, uma ferramenta gratuita do Google para que seu empreendimento seja exibido nas pesquisas do buscador. “Vamos oferecer um material complementar bastante didático para que o participante possa por em prática um pouco do que aprendeu ao longo da apresentação. Esperamos com isso contribuir para melhores resultados de todos ao se investir no marketing digital”, finaliza Rafael.  
Load more