All
0
Assessoria
0
Branding
0
Inbound
0
OWL Interativa
0
Sem Categoria
0

Você sabe o que é neuromarketing?

julho 20, 2018
Você já analisou como é feita sua decisão de compra? Caso você nunca tenha pensado nisso, é bom prestar atenção nisso, pois isso é muito importante para que você entenda um pouco melhor sobre o tema desta matéria. Vamos a uma outra pergunta importante para que fique mais claro saber o que é o tal do neuromarketing.  O que você recebe em forma de anúncio ou mesmo a sensação experimentada por você no ato de compra influencia na sua decisão? Se a sua resposta foi “sim” para nossa segunda pergunta, saiba que agora está um passo mais a frente de entender o que é o neuromarketing e como ele pode ser uma ferramenta poderosa para turbinar as vendas do seu negócio. Afinal, o que é neuromarketing? Podemos definir neuromarketing como a união da neurociência com o marketing. Pode parecer abstrato demais pensar nessa técnica dessa forma, mas você logo verá que tudo isso faz muito sentido. Acontece que a partir do que se é conhecido do funcionamento do cérebro, é possível planejar estratégias de marketing que podem criar uma experiência no consumidor de forma que ele se interesse pelo seu produto ou serviço. O grande trunfo do neuromarketing é descobrir o comportamento do consumidor. Tendo essa informação, é possível otimizar suas estratégias. É melhor estimular seu potencial por meio de que tipos de recursos? Vale a pena associar seu produto a um som? A emoção gera ação No mundo do marketing, mexer com a emoção das pessoas pode se traduzir em vendas e engajamento, quando se atinge os objetivos, ou em desconforto e afastamento do consumidor quando não se consegue gerar emoções positivas. Quando falamos de campanhas publicitárias que visam o aumento das vendas, a maioria das marcas deseja despertar no consumidor sentimentos positivos que possam ser associados aos seus produtos ou serviços. As mensagens em geral tentam transmitir ideias de confiança, satisfação, alegria, compaixão, etc. As emoções de característica positiva reforçam ideias e atributos desejados a um produto ou marca. Isso pode se refletir em mais vendas e engajamento no público que aprecia a sua mensagem. Apesar disso, é possível trabalhar com, digamos, sentimentos mais negativos. Não estamos falando necessariamente da raiva e do ódio, mas naquela sensação de urgência, por exemplo. Ela desperta no consumidor o estado de alerta e quando usada da maneira certa faz com que ela funcione como um gatilho para que seu público preste mais atenção na sua mensagem e reaja de forma mais rápida ao seu conteúdo. Viu só como o neuromarketing pode ser uma estratégia poderosa para o aumento das suas vendas?

Saiba o que não fazer no Instagram da sua empresa PT 2

julho 17, 2018
Dando prosseguimento a nossa série sobre o Instagram, trouxemos a segunda e última parte do artigo com os principais erros que você deve evitar no Instagram da sua empresa. 1 – Comprar seguidores Infelizmente muitos administradores de perfis sociais quando analisam as métricas da sua rede social acabam se concentrando somente no número de seguidores ou curtidores. Não que esse não seja um fator relevante, de fato é, mas ele não deve ser o principal foco. O aumento de seguidores é consequência da produção de conteúdo de qualidade. A compra de seguidores não é indicada, pois ela representa apenas números e não qualidade. Muitas das contas que podem ser alcançadas podem ser fakes. 2 – Postar em horários diferentes Quando você está começando no Instagram, publicar em horários diferentes é uma boa tática para se descobrir o melhor horário para publicar. No entanto, uma vez que você descobre os melhores dias e horário, o ideal é seguir um padrão para que seus posts alcancem o maior número possível de usuários e se torne relevante. Quando você posta em horários diversos, uma publicação que tinha potencial de se destacar acaba tendo baixo desempenho por não ter sido lançado no horário em que seus seguidores estão on-line. 3 – Falta de planejamento Já batemos bastante nesta tecla, mas sempre é bom reforçar: planejamento é tudo! Antes de sair postando nas suas redes sociais é importante dedicar um tempo para definir os conteúdos que serão publicados. Isso ajuda a ter um parâmetro do que é legal ou não e a estar preparado para produzir tais imagens. Tente se reunir com a equipe de mídias sociais para definir os assuntos e temas, os tipos de recursos que serão utilizados e tudo mais. Faça isso, pelo menos, uma vez por semana e siga um cronograma de postagens. Com essas dicas, esperamos que seu perfil consiga resultados mais consistentes e aumente as interações e engajamento dos usuários.

Saiba o que não fazer no Instagram da sua empresa PT 1

julho 12, 2018
Continuando nossa série de artigos sobre o Instagram hoje vamos nos focar nos erros que não devem ser cometidos na rede social. Afinal, como vimos nas matérias anteriores o Instagram se tornou uma grande vitrine para as marcas. Por isso, é preciso ser bem assertivo em suas postagens. Para ajuda-lo nessa tarefa preparamos duas matérias com as principais “mancadas” que você deve evitar para melhor o engajamento e angariar mais interações. 1 – Imagens de baixa qualidade Como vimos anteriormente nessa série de matérias, o Instagram é uma plataforma focada no visual, ou seja, imagens e vídeos são predominantes. Desse modo, prezar pela estética dos posts é essencial para atrair mais seguidores. É importante que todo material publicado tenha boa resolução. Nada de imagens pixelizadas, embaçadas ou tremidas. Essas imperfeições poluem a imagem e deixam o post com aspecto bagunçado e nada profissional, reduzindo consideravelmente o interesse dos usuários. 2 – Hashtags aleatórias As hashtags são ferramentas importantes para que os usuários possam encontrar suas publicações, através das palavras-chaves. Por isso, é fundamental utilizar palavras-chave específicas sobre o conteúdo da publicação e evitar aquelas mais genéricas. Quando se usam as hashtags mais comuns o alcance da publicação aumenta consideravelmente, mas as chances de que os usuários interajam com ela é menor, uma vez que a concorrência do seu post é maior. 3 – Publicar várias fotos seguidas Publicar vários posts seguidos não vai trazer melhores resultados, pelo contrário, fará com que a relevância das suas publicações diminua. Acontece que o algoritmo do Instagram pode encarar isso como uma espécie de Spam, sendo assim, a entrega dos posts aos seguidores será menor. Outro detalhe é que posts seguidos prejudicam o desempenho das postagens. É preciso de um intervalo de tempo até que cada post alcance o máximo de usuários possíveis. Gostou das dicas? Não perca a segunda parte dessa matéria para conferir outros 3 erros a serem evitados no Instagram.

Guia do Instagram: como organizar a sua conta – PT 2

julho 10, 2018
Como prometido trouxemos a segunda parte da nossa matéria sobre como organizar a sua conta do Instagram. Hoje nossas dicas serão voltadas para a produção e publicação dos conteúdos. Você vai receber algumas orientações sobre o uso de hashtags, a criação de legendas e ferramentas da rede social para tornar sua conta mais atrativa. Preparado (a)? Então, vamos lá! 1 – Hashtags Você já deve ter visto que várias redes sociais possuem suporte as hashtags. Isso não é à toa, pois as hashtags funcionam como um link, onde ficam agrupados os conteúdos relacionados a determinadas palavras-chave. Por isso, esse recurso é tão valioso e você deve investir nele. A dica é utilizar as hashtags em suas legendas do Instagram, mas nada de exageros para não poluir o seu texto. Também é recomendado não utilizar somente as palavras-chave mais comuns. Tente sempre mesclar as mais gerais sobre o tema da postagem com algumas mais específicas para atingir seguidores interessados em assuntos específicos. Agora, caso precise utilizar muitas hashtags em sua publicação, o macete é postá-las nos comentários, que a própria rede social se encarrega de linkar e exibir a postagem junto dos demais resultados de cada palavra-chave. 2 – Stories Essa ferramenta lançada pelo Instagram é ótima para aumentar a sua visibilidade na rede social. Tanto é que são mais de 250 milhões de stories postados todos os dias. Uma dica é fazer publicações mostrando curiosidades, bastidores, perguntas, fazer ofertas e até mesmo promoções. Aproveite o espaço e converse com seu público! 3 – Legendas Sabe os temíveis textões que inundaram o Facebook? Pois é, eles também não têm vez no Instagram. Na hora de escrever as legendas dos seus posts, evite escrever textos muito grandes. Utilize uma linguagem mais descontraída, leve, objetiva e que chame a atenção do público. Ah, vale a pena também recorrer aos emojis, se for o caso. 4 – Interaja Por fim, esse detalhe não pode passar em branco, jamais! Interação é peça fundamental para quem tem conta em rede social. Responda sempre os comentários deixados em suas publicações. Atenção também aos directs e marcações para interagir com os potenciais clientes e consumidores. Outra tática bacana é promover sorteios e realizar enquetes, pois ajudam a aumentar o engajamento e consequentemente as interações. Gostou deste conteúdo? Então não deixe de conferir nosso blog. Vamos trazer em breve o que não se deve fazer no Instagram.

Por que você deve ter um chat on-line no seu site?

julho 5, 2018
Você já deve percebido que os chats invadiram os sites das mais diversas empresas, não é verdade? A implantação desse recurso não é simplesmente uma modinha passageira. Os chats, na verdade, vieram para ficar e eles exercem uma função pra lá de importante na automação dos processos de comunicação entre empresas e clientes. Se você ainda não está convencido de que deve apostar neles em seu site, então, confira nesta matéria 3 motivos para que você tenha um chat on-line no seu website. Por que devo ter um chat on-line 1 – Aumento nas interações A primeira vantagem que podemos observar ao incluir uma ferramenta de bate-papo em um site é o aumento significativo das interações. Um simples botão de conversa, iniciado automaticamente, incentiva o internauta a fazer uma pergunta, consultar alguma informação ou se cadastrar para receber mais conteúdos. Por ser bem mais instantâneo que os tradicionais e-mails e demais formas de comunicação os chats, permitem uma maior aproximação da empresa com o cliente e favorece a troca de informações de forma muito mais rápida. 2 – Feedbacks A segunda vantagem que os chats trazem são os feedbacks acerca do site da sua empresa. Através desse contato frequente, é possível que você identifique o que precisa ser esclarecido ou ajustado em seu site. Isso é uma ferramenta poderosa para reter o internauta por mais tempo no seu website. 3 – Geração de leads Por fim, os bate-papos são ótimas formas de gerar leads de forma simplificada. Isso acontece porque, normalmente, essas ferramentas pedem que o usuário forneça algumas informações antes de iniciar uma conversa. Uma dica é combinar os chats com ferramentas de gestão de leads para que ele colete os dados do cadastro no bate-papo para criação de um novo lead. Aí fica muito mais fácil alimentar esse lead. E aí, ficou convencido de que vale a pena investir nos chats?

Você sabe o que é webinar?

julho 4, 2018
Você se considera uma pessoa antenada no mundo do marketing digital? Se a sua resposta for “sim”, provavelmente já ouviu falar em webinar, não é mesmo? Esse tipo de conteúdo tem ganhado cada vez mais espaço nas estratégias de geração de leads pelo seu valor de atração e possibilidade de reaproveitar o material e criar conteúdos novos. Caso você não esteja familiarizado com esse termo, não se preocupe, pois nesta matéria você vai saber o que é um webinar. Afinal de contas, o que é um webinar? Os webinars são nada mais, nada menos, que seminários digitais. Isso mesmo, são apresentações realizadas ao vivo via internet para um público interessado em receber esse conteúdo. Quais as vantagens dos webinars? Quando pensamos em uma estratégia de marketing digital, com a intenção de captar leads os webinars são ótimas ferramentas. Através desse material, você tem a oportunidade de atrair as personas ideais pro seu negócio de forma orgânica. Todos que estarão presentes durante a apresentação são potenciais clientes e interessados no assunto que você tem a mostrar. Pensando no funil de vendas, o webinar é ainda mais valioso, uma vez que, é possível trabalhar as várias etapas do caminho de compras do cliente até a sua conversão. Por exemplo: você tem o tema – que pode ser o problema do cliente;  através da apresentação você convence o cliente que esse problema precisa ser resolvido e há uma solução pra ele; ainda durante o seminário o palestrante demonstra a solução e  ao final você disponibiliza todos os meios ao cliente para que entre em contato com você para resolver sua “dor”. Incrível, não é? Muito mais conteúdo Outra vantagem do webinar é que eles rendem um material muito rico que pode ser reaproveitado de várias maneiras. Muitas informações e dados podem gerar matérias, e-books, posts e muito mais. É sempre algo muito enriquecedor para quem produz o webinar e para o público em geral, que recebe ainda mais conteúdos específicos. E aí, se convenceu de que vale a pena apostar nesse tipo de material?

IGTV: Você está por dentro dessa novidade?

junho 28, 2018
Há pouco tempo o Instagram lançou um novo app, o IGTV, você ficou sabendo? A nova aposta da rede social de Mark Zuckerberg é totalmente voltada aos vídeos verticais. Isso mesmo! É possível publicar vídeos com até uma hora de duração e na posição vertical em tela cheia. Integração Apesar de ser lançado como uma plataforma própria, com um app individual e gratuito, o IGTV possui total integração com seu app-irmão, o Instagram.  Inclusive, a sua conta no Instagram pode ser utilizada sem maiores problemas no IGTV. Tanto é que produtores de conteúdo que você segue são os mesmos exibidos na nova plataforma. Outra similaridade entre as plataformas está no layout. Ambos possuem design minimalista e paleta de cores semelhantes. Até os ícones são bastante parecidos. Acesso Assistir aos vídeos no IGTV também é muito fácil. É possível assistir tanto pelo app próprio, quanto pelo Instagram. Sempre que um novo conteúdo é publicado no IGTV, uma notificação é exibida em um botão presente no canto superior direito da interface do Instagram. Ao clicar nesse botão, o usuário é levado diretamente para a nova plataforma. Controle na mão do usuário Uma vantagem que o IGTV tem sobre seu irmão mais velho é que na nova plataforma o usuário pode retroceder, pausar e avançar os vídeos em exibição. Conteúdo de alta qualidade Por enquanto só é possível postar vídeos na posição vertical com duração máxima de 1 hora. Sobre a qualidade das imagens, a plataforma manda muito bem, oferecendo suporte a conteúdo em 4k. E aí, gostou da novidade? Deixe sua opinião nos comentários.

5 fatores que estão afastando leads do seu site

junho 26, 2018
Se você acompanha nosso blog, deve estar sabendo que há poucos dias publicamos uma matéria apontando alguns erros de SEO e suas soluções, você se lembra? Hoje, vamos trazer alguns fatores que afastam leads do seu site. Preste bastante atenção nesses pontos e avalie se o seu website precisa de ajustes. 1 – Links quebrados Um percalço que nenhum internauta deve passar ao acessar o seu site é clicar em link e ele estar quebrado. Não tem nada mais irritante que cair na temível página: ERROR 404. Pode parecer apenas um incomodo, mas acontece que esse tipo de situação impacta na forma como o Google enxerga o seu site. Website com muitos links quebrados perdem posição no buscador e podem deixar de serem indexados. 2 – Postagens repetidas Quando um internauta acessa com frequência um site, onde ele obtém informações o que ele mais deseja ver é conteúdo novo. Por isso, estar sempre atualizando o seu site e criando novos conteúdos é fundamental não só para atrair novos usuários, como fidelizar aqueles que já acessam o seu site por conhecer e confiar na sua marca. Se algum tema é muito amplo e merece ser revisitado, a dica é tentar atualizar a informação e trazer uma abordagem diferenciada. 3 – Experiência mobile insatisfatória Cada vez mais as pessoas resolvem seus problemas pelos smartphones. Em muitos casos, os celulares são os principais dispositivos de acesso a internet. Por isso, é importante possuir um website otimizado para acesso por dispositivos móveis. Ter um site que se adapta bem as telas dos dispositivos também é avaliado positivamente pelo Google. 4 – Erros de HTML Os erros de programação comprometem bastante o seu resultado nas buscas do Google. Sites com HTML inválido ou corrompido terão seu posicionamento rebaixado, uma vez que, os robôs que cuidam dos algoritmos de ranqueamento tem maior dificuldade de fazer uma leitura do seu site. 5 – Layout confuso Por fim, ter um layout confuso e pouco funcional em seu site é um fator que afasta seus usuários. Quando um internauta encontra dificuldades para acessar um conteúdo ou encontrar determinada informação, as chances de que ele permaneça no site ou volte a navegar no site são bem menores. Por tanto, praticidade e otimização são palavras-chave para ter um espaço on-line. Você encontrou alguns desses erros em seu site? Entre em contato com a equipe de T.I da sua empresa ou agência para fazer os ajustes necessários.

Guia do Instagram: como organizar a sua conta

junho 21, 2018
O Instagram já se provou ser uma rede social pra lá de vantajosa. No ano passado, ela conquistou nada mais, nada menos, que 800 milhões de usuários ativos e se configurou como a segunda rede social mais utilizada pelos brasileiros. Diante de um panorama como esse, é difícil imaginar uma marca que não esteja de olho na rede social ou queira melhorar seu engajamento entre os usuários. Se este é o seu caso, então não deixe de ler essa matéria e as próximas matérias, pois vamos reunir algumas dicas essenciais para organizar a sua conta no Instagram. Primeiros passos 1 – Planeje-se Antes de publicar fotos na linha do tempo ou no Stories, é bom fazer uma pesquisa para conhecer o seu público. Tente identificar que tipo de conteúdo se destaca e ganha maior envolvimento dos seus usuários. Dedique um tempo para selecionar esses conteúdos e pensar na melhor legenda para cada um deles. Essa organização é primordial para melhorar seus resultados. 2 – Tenha um perfil comercial Uma observação importante para quem vai criar ou possui uma conta para empresas é que existe uma modalidade especial de perfil no Instagram para abrir esse tipo de conta. Os perfis comerciais contam com ferramentas de métricas e veiculação de anúncios que são muito úteis para fazer negócios na rede social. O melhor de tudo isso é que você nem precisa criar outra conta para desfrutar desses benefícios. Basta apenas acessar as configurações do perfil e fazer a migração. 3 – Atenção ao seu feed O Instagram é uma rede social primariamente visual, portanto, é preciso ter um olhar apurado sobre o conteúdo que será publicado. Desse modo, antes de postar qualquer foto, verifique as condições de iluminação, qualidade final do arquivo, se a imagem precisa ou não de filtros, etc. Ah, é importante evitar repetições de fotos e imagens. Tente manter algo harmonioso, mas sem que gere aquela sensação de mais do mesmo. Seja bem criativo (a)! 4 – Frequência de postagens Lembra-se da nossa primeira dica sobre planejamento? Pois ela será muito útil agora. Acontece que nesse planejamento é importante que esteja discriminado quantas postagens serão feitas ao longo da semana em sua conta. Como tudo é muito efêmero nos dias de hoje, uma frequência de um a dois posts por dia é o mais recomendado. Os melhores horários você pode testar ou acompanhar as métricas da rede social. O que achou das dicas? Não perca a segunda parte dessa matéria, onde traremos mais umas dicas para organizar a sua conta e o que não se deve fazer no Instagram. Continue acompanhando nosso blog!

Diretor da OWL finaliza treinamento interno da Viação Treze de Junho

junho 16, 2018
Nesta sexta-feira, 15, o diretor da OWL Interativa, Rafael Moraes, esteve presente na cerimônia de encerramento do programa “Motorista Nota 13”, programa interno da Viação Treze de Junho. O projeto desenvolvido em parceria com a OWL, teve como foco a melhoria da qualidade do atendimento e marketing pessoal, ressaltando sempre a importância das boas práticas no ambiente de trabalho. “Participar desse projeto foi desafiador, mas ao mesmo tempo foi algo muito prazeroso pela oportunidade de aprendizado mútuo. Nós conquistamos juntos resultamos consistentes e acredito que cumprimos esse papel de incentivar a mudança para a melhor dentro do ambiente da empresa e que, sem dúvidas, vai se refletir para o usuário final”, explica Rafael Moraes. Na cerimônia foram apresentados os conceitos principais do programa, além dos resultados alcançados ao longo dos meses de abril a junho, no qual o projeto foi realizado. Um dos números que mais chamaram atenção foi a taxa de pontualidade que subiu de 65% em abril para 85% em junho. “Durante todo o período do programa nós observamos o progresso de cada um e os resultados observados são muito promissores para a melhora do nosso ambiente de trabalho e das nossas operações, de forma geral”, avalia Liliane Salvini, diretora da Viação Treze de Junho. Ao final do evento, os os 4 primeiros colocados no ranking de desempenho do projeto obtiveram seu reconhecimento pela dedicação e receberam prêmios em dinheiro. A ideia através dessa premiação é incentivar e recompensar as boas práticas no ambiente de trabalho. “Agora que lançamos a base do programa será mais tranquila a execução das próximas edições. Com toda certeza, como vimos até agora, os resultados serão bem melhores”, finaliza Rafael Moraes.

URL amigável: por que preciso de uma?

junho 13, 2018
Há poucos dias fizemos uma postagem, aqui no blog, falando sobre erros de SEO, você se lembra? Pois bem, um dos tópicos da matéria falava sobre as URLs amigáveis. Como muita gente ainda não está familiarizada com esse termo, muito menos com sua aplicação prática, resolvemos dedicar um artigo inteiramente a esse assunto. Nesta matéria você vai entender claramente o que é uma URL amigável e porque você precisa ter uma. URL amigável: a definição Para começar, vamos explicar resumidamente o que é uma URL. Essa sigla signfica Uniform Resource Locator, ou, se preferir: localizador padrão de recursos, em português. A URL pode ser entendida como um endereço virtual de acesso a um site, pasta do computador, entre outros. Ex de URL: https://owlinterativa.com/assuntos-em-alta-para-2018/ Agora, vamos nos concentrar numa URL amigável. Esse conceito diz respeito aos endereços que são mais compreensíveis para o internauta e motores de buscas. Imagine uma URL repleta de letras e números aleatórios, do qual você não consegue identificar o assunto da página? Vamos da um exemplo nosso mesmo. Ex de URL não-amigável: https://owlinterativa.com/axdf256fscdnd895/ Ex de URL Amigável: https://owlinterativa.com/assuntos-em-alta-para-2018/ Agora, observe, qual das duas você confiaria em abrir? Com certeza, a sua resposta foi a segunda, certo? Isso acontece porque a segunda é mais compreensível, isto é, você consegue entender o conteúdo que será exibido na página que está tentando abrir. Coisa que você não poderia fazer no outro endereço. Por que preciso de uma URL Amigável? Bom, como vimos acima, se você como internauta não confiaria num endereço online com números e letras aletórios, imagina como os motores de buscas encaram uma URL desorganziada como essa? As chances de que ela apareça entre os primeiros resultados são bem menores do que outras mais claras. Se você quer otimizar seu SEO, atrair mais leads, é importante dar uma atenção especial às URLs do seu site. Como deixar minhas URLs mais legíveis É bem simples, na verdade. Basta apenas fazer pequenos ajustes no seu site antes de publicar uma nova página. Na área da URL, prefira sempre utilizar as palavras-chave do seu assunto e separe as palavras pro hífens (-) ou por _. Evite as letras maíusculas, acentos e caracteres que não sejam universais, como o caso da cedilha (ç).  

5 motivos para pequenas e médias empresas investirem em marketing digital

junho 8, 2018
Cada vez mais os serviços e negócios têm migrado para a internet. Afinal, mais do que um meio de comunicação, a web se tornou uma plataforma para troca de informações, onde a todo o momento criamos conexões, buscamos informações, experimentamos, compramos etc. Desse modo, o marketing também precisa evoluir para se inserir nesse ambiente. Quem já percebeu essa dinâmica, provavelmente já está investindo no marketing digital. Mas engana-se que se aventurar pelo mundo da rede mundial dos computadores é coisa apenas para grandes empresas e marcas. O marketing digital também é pra você, pequeno e médio empreendedor. Nesta matéria você vai conhecer 5 motivos que demostram com vale apena investir no marketing digital para sua empresa. TOP 5 Motivos para Investir no Marketing Digital 1 – Custo baixo No marketing tradicional a veiculação de uma peça publicitária pode ser bem onerosa, uma vez que envolve o pagamento de espaço ou mão de obra para que sua mensagem chegue ao cliente. Já imaginou quanto custa um anúncio de 30 segundos nas principais emissoras de TV do país? Carissímo! Apesar de serem eficazes, a TV, jornal, revista, rádios, etc. são meios de comunicação que exigem um investimento em publicidade bem alto. Diferentemente deles, a internet requer recursos bem menores e que você controla com muito mais facilidade. 2 – Mensuração dos resultados Outra grande vantagem que o marketing digital traz é a possibilidade de mensurar seus resultados em tempo real. Você pode acompanhar a todo momento como vão suas campanhas, realizar otimizações, segmentar, etc. Tudo isso de forma simples e prática para maximizar seus resultados. 3 – Segmentação Sabe aquela história de comunicar para quem não tem interesse na sua mensagem? Pois bem, na internet as suas chances de “falar” com um público que não é seu é significativamente menor. Existem ferramentas que podem ser acionadas para melhor direcionamento das suas campanhas para que sua mensagem chegue a quem realmente tem interesse em adquirir seus produtos e serviços. Mesmo que seu público seja menor, a sua mensagem alcança quem de fato vai ser o seu cliente. 4 – Alcance Não é preciso nem dizer que investir em internet é apostar na mídia que alcança grande parte do público, afinal o número de pessoas que acessam a web diariamente só tem a aumentar com o tempo. De acordo com a mais recente Pesquisa de Mídia Brasileira, elaborada pela Secretaria de Comunicação da República, realizada em 2016, a internet foi apontada por 49% dos entrevistados como sua primeira ou segunda fonte de informações. Ainda falando em estudos, segundo a pesquisa TIC Domicílios, elaborado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), em conjunto com o Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) e  pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br)em sua 11ª edição, em 2015, revelou que a internet alcança 58% da população brasileira, o que representa 102 milhões de internautas. 5 – Engajamento orgânico Por fim, vale destacar que as campanhas on-line tem grande chance
Load more