1
/
3
/

FishBox

Marcas
 0

COMO VOCÊ ESTÁ SE COMUNICANDO?

Campanhas Publicitárias, Catálogos e Publicações Corporativas Personalizadas, Planejamento de Marketing Digital e gestão de conteúdo para blogs e redes sociais, Endomarketing, Sinalização e Frotas, Anúncios, Rótulos e Embalagens, Folders e Folheteria.

BOM MESMO É QUANDO CRESCEMOS JUNTOS.

Organize suas demandas do dia a dia com ajuda destas 5 ferramentas

dezembro 12, 2018
A correria do dia a dia faz com que muitas pessoas esqueçam seus compromissos com frequência. São tantas tarefas, pensamentos, ideias e compromissos, que ficar desorganizado e se perder é comum. Para aliviar um pouco o trabalho da nossa memória, existem aplicativos que auxiliam na organização pessoal, ajudando a manter a rotina organizada. A lista a seguir traz 5 ferramentas para criação de notas, alertas e até mesmo gráficos que acompanham as atividades cotidianas que podem ser muito úteis para manter tudo organizado. 5 Ferramentas úteis pro seu dia a dia Google Keep O Google Keep é uma plataforma para o usuário registrar ideias e afazeres. O visual do aplicativo é bem simples, com apenas quatro divisões: listas, anotações, gravações e fotografias. O aplicativo disponibiliza opções para que o usuário organize tudo na tela da maneira que mais lhe agrade. A interface também oferece o serviço de transcrição de mensagens de voz gravadas e a criação de lembretes com base no local, assim é possível ter acesso à lista criada para um lugar assim que usuário chegar a ele. Evernote Para quem precisa de mais recursos em suas anotações, o Evernote é uma boa pedida. A plataforma permite a criação de tags para catalogar as notas, inclusão de fotos, capturas de tela e documentos anexos e até mesmo arquivos em áudio. Todas as notas criadas no aplicativo podem ser sincronizadas com qualquer outro dispositivo eletrônico onde o Evernote estiver instalado. O aplicativo também permite a criação de notas compartilhadas com outros usuários e o envio de anotações para redes sociais. OneNote O OneNote é um aplicativo que permite ao usuário acessar todas suas anotações, onde quer que esteja. O bloco de anotações digital permite a criação de listas diversas, seja de afazeres diários ou de livros para ler e filmes para assistir. Todas as anotações são sincronizadas com outros dispositivos que tenham o OneNote instalado, desde smartphones a computadores pessoais. As anotações também podem ser compartilhadas com outras pessoas ou feitas em manuscrito. AnyDo O aplicativo de gerenciamento de tarefas permite que o usuário organize tudo em um só lugar. O diferencial do aplicativo está na sincronização das tarefas mesmo quando o dispositivo estiver offline. É possível criar tarefas compartilhadas com um grupo de pessoas e adicionar sub-tarefas, anexos e comentários nas notas. O AnyDo também disponibiliza uma central de notificações. O serviço é gratuito, mas também oferece uma modalidade Premium, com acesso ilimitado ao compartilhamento de notas e inclusão de lembretes, como PDFs e vídeos sem limite de tamanho. Neste caso, o plano anual sai por US$ 26,99 e o mensal por US$ 2,99. Pocket O aplicativo Pocket veio para solucionar o problema de quem, na correria, acaba perdendo a leitura de textos e artigos interessantes que aparecem na tela do celular. No começo, o aplicativo era conhecido como ‘Read It Later’ e, apesar da mudança de nome, o conceito segue o mesmo. A plataforma armazena qualquer texto que o usuário queira salvar apenas com um clique.

Reunião de brainstorming: como e por que fazer?

dezembro 12, 2018
Toda empresa que busca se diferenciar no mercado deve oferecer produtos ou serviços de forma inovadora. O problema é o que fazer para “pensar fora da caixa” e encontrar ideias realmente originais e criativas. E é aí que o brainstorming pode ser muito útil a empresa. Afinal, o que é o brainstorming? O brainstorm é uma expressão que reúne as palavras inglesas “brain”, que significa cérebro, e “storm”, tempestade. Trata-se de uma tempestade de ideias, ou seja, uma reunião com fim puramente criativo. Ele pode ser usado não só para obter novas ideias, mas para produção de textos e reformulação de campanhas e estratégias. Ou até mesmo para ajudar a resolver problemas internos ou externos das empresas. Como realizar um brainstorming? É possível fazer um brainstorming com a equipe, em dupla e até mesmo sozinho, basta tirar um tempo para focar e pensar restritamente no problema ou objeto em questão, de forma ampla e sem interferências de outras demandas. Existem diferentes tipos de brainstorming, onde cada um funciona melhor para determinado objetivo ou perfil das pessoas participantes. São eles: Técnica do Post-it Provavelmente a mais conhecida, por oferecer uma representação visual das ideias que são sugeridas. Para realizar essa técnica use post-its, de cores diferentes, se puder, para colar em um quadro todas as ideias que surgirem. Técnica do mapa mental Nesta técnica você trabalha com uma linha/mapa mental. O objetivo é fazer com que os participantes liguem os problemas em etapas e consigam visualizar mentalmente possíveis soluções de forma mais fácil Brainstorming tangível/tocável Neste método, o objetivo é que os participantes consigam achar uma resposta de forma mais rápida e eficiente se tiverem contato com o objeto de discussão. Dependendo da situação, pode ser muito mais fácil chegar a solução se você consegue literalmente visualizar e tocar o problema. Assim, todos poderão opinar possuindo e vivenciando o problema na prática. Técnica do brainstorming oposto Nesta técnica todos sabem qual é o objetivo final, mas o caminho para chegar lá não é sugerir soluções, mas sim, formas de não alcançar este objetivo. Essa técnica é indicada para situações onde não se consegue chegar a soluções pelos meios tradicionais. Ou ainda, se o tema já se tornou cansativo e desgastado.

Conheça as 10 marcas brasileiras mais valiosas de 2018

dezembro 6, 2018
Como já é tradição, reunimos aqui um levantamento das marcas brasileiras mais valorizadas do ano. A empresa de consultoria Interbrand se encarregou mais uma vez de realizar essa tarefa.  Ela elaborou um ranking das 25 marcas brasileiras mais valiosas. Os grandes destaques deste ano foram as instituições financeiras e cervejarias, como já havia acontecido na edição passada. As três primeiras posições do TOP 5 foram ocupadas por bancos: 1º LUGAR – Itaú, 2º lugar – Bradesco e 5º lugar – Banco do Brasil. As marcas de cerveja também garantiram três posições no TOP 10, garantindo a 3ª (Skol), 4ª (Brahma)e 7ª posição (Antarctica).  om os bancos Itaú e Bradesco, primeiro e segundos colocados respectivamente. As cervejarias conquistaram 3 colocações no TOP 10. Completam o ranking empresas tradicionais, como Natura, Petrobrás, Vivo e Cielo. Confira abaixo o Top 10: 1 – Itaú Valor de marca: 29.788 milhões 2 – Bradesco Valor de marca: 22.603 milhões 3 –Skol Valor de marca: 16.694 milhões 4 – Brahma Valor de marca: 11.319 milhões 5 – Banco do Brasil Valor de marca: 10.14 milhões 6 – Natura Valor de marca: 7.504 milhões 7 – Antarctica Valor de marca: 4.041 milhões 8 – Petrobrás Valor de marca: 3.07 milhões 9 – Vivo Valor de marca: 2.305 milhões 10 –Cielo Valor de marca: 1.421 milhões Clique aqui e confira o ranking completo.

Gatilhos mentais: por que devo utilizá-los?

novembro 29, 2018
Você sabia que a psicologia tem muito a contribuir com o marketing? Pois é, pode parecer estranho como duas áreas tão distintas podem interagir, mas apesar das diferenças, os estudos na área da psicologia fornecem informações muito úteis para as estratégias de marketing. Não, não estamos falando de lavagem cerebral ou manipulação de consumidores, mas sim de como interpretar o processo de compra do consumidor a partir do seu estado mental. Complexo, não é? Uma das maiores contribuições da Psicologia para o marketing foram os estudos acerca dos chamados “gatilhos mentais”. Caso você não esteja familiarizado com o conceito, vamos explica-lo de forma bem simples. Basicamente, nosso cérebro se ocupa o tempo de todo de processar informações e tomar decisões. Tudo isso é muito desgastante e para “automatizar” algumas dessas tarefas, o nosso cérebro pode responder de forma mais rápida a certos estímulos que nos auxiliam a tomar decisões, é aí que entram os gatilhos mentais, que são esses estímulos. O marketing utiliza esses gatilhos com o intuito de despertar no consumidor algum tipo de ação. Na área se estudam quais são as ações que desencadeiam tais gatilhos e motivam o consumidor no ato de compra. Por isso, eles são tão importantes. Nossos 3 gatilhos mentais preferidos Agora que você já sabe como funcionam os gatilhos mentais, que tal conhecer três deles? Listamos os três que mais utilizamos: 1 – Urgência O efeito deste gatilho é de provocar a sensação de urgência, isto é, tome uma decisão neste momento, pois ele não vai se repetir. Ele é muito efetivo para gerar ações no momento de compra. 2 –Reciprocidade Sabe quando dizem que tudo que você faz de bom retorna pra você? É justamente neste conceito que este gatilho se concentra. A ideia base dele é o de oferecer uma gentileza, uma amostra grátis de alguma solução para que resolva o problema do seu consumidor. Essa experiência positiva faz com que ele retribua sua boa ação, seja indicando sua marca, comprando mais produtos, se cadastrando no newsletter etc. 3 –Prova Social Sabe quando você se sente motivado a tomar uma decisão porque você viu o testemunho de outra pessoa? Pois é, o gatilho mental da prova social funciona de forma semelhante. Através da exposição de opiniões, de resultados comprovados de algo etc. você convence seu cliente a experimentar sua solução. Viu só como os gatilhos mentais são ótimas ferramentas? Que tal utilizá-los em sua estratégia de marketing?

Evite esses 3 erros nas suas redes sociais

novembro 28, 2018
Não é nenhuma novidade que as redes sociais são um dos sites mais populares de toda a internet. Tamanho sucesso não pode ser ignorado e sua marca precisa estar presente para conquistar novos clientes e fidelizar outros. No entanto, é preciso ter cautela e estratégia para que seu ingresso nas plataformas sociais seja tranquilo e você consiga gerar resultados positivos. Pensando nisso, que tal aprender com a gente o que deve ser evitado nas redes sociais? Abaixo você confere 3 erros que atrapalham seu sucesso nas redes sociais. TOP 3 1 – Não definir seu público Se você quer realmente fazer com que suas redes sociais sejam uma poderosa ferramenta de comunicação e ajude na conversão de clientes, é preciso que você a utilize da forma correta e use de estratégias para obter tais resultados. A principal estratégia a ser definida é a persona que você deseja alcançar. O que seu público gosta? O que ele procura? Que horas ele está conectado? Etc. são perguntas essenciais e que lhe orientam pelo caminho que se deve seguir na sua rede social para atingir quem realmente se interessa pelo que você tem a oferecer. 2 – Esperar por resultados instantâneos Não existe grandes resultados sem esforço. É preciso muito esforço e dedicação para conseguir atingir seus objetivos. No marketing digital também é necessário esse período de empenho para começar a desfrutar dos “louros”. Em média, após 6 meses é que você consegue observar os primeiros resultados em engajamento e consegue fidelizar seu público.  Então, tenha paciência e se dedique de verdade em conquistar suas personas. 3 – Grosseria Batemos sempre nesta mesma tecla, pois falhar nas suas interações é o que sempre acaba afastando os clientes. Não adianta anda ter um bom conteúdo, boa apresentação visual se você deixa cliente sem responder ou responde com grosseria. É totalmente inadmissível! Preste bastante atenção na forma como você se relaciona com seu público. Seja sempre prestativo e educado, mesmo quando o cliente não está sendo com você. Viu só como gerir uma rede social não é uma tarefa tão simples quanto parece? Por isso, muitas vezes, a melhor escolha é terceirizar o serviço com uma agência. A OWL Interativa, por exemplo, oferece esse serviço e está sempre atenta a esses três pontos para maximizar seus resultados. Quer saber mais? Entre em contato conosco: (24) 2220-2307.

Como aumentar a presença online da sua marca? pt 2

novembro 23, 2018
Como promessa é dívida, trouxemos a segunda parte do nosso artigo com dicas importantes para aumentar a presença on-line da sua marca. Vamos abordar nessa matéria sobre dois cuidados importantes na internet e uma solução da OWL para que sua inserção no mundo virtual seja prática e rápida. 1 – Aposte no conteúdo Já se foi o tempo em que a estratégia de marketing era voltada apenas na venda direta. Cada vez mais vemos campanhas que a venda é o pano de fundo. Em primeiro plano está o desejo da marca em oferecer algum valor ao seu cliente. Esse tipo de posicionamento é chamado de marketing de conteúdo. O marketing de conteúdo é uma nova abordagem de atração de clientes por meio do conteúdo. Você substitui a mensagem direta de venda pela oferta de valor ao seu público. Vale a pena apostar nos blogs para fornecer informações úteis sobre sua área de atuação. 2 – Tenha um site otimizado para diversas telas Uma pesquisa realizada pela Tapestry, apontou que mais de 68% dos brasileiros, em 2016, utilizou os smartphones para acessar a internet. Quem não tem um site que se adapta às telas está perdendo milhares de acessos. Sem falar que, a falta de um site responsivo impacta negativamente no ranking do Google. Projeto Primeiro Voo Infelizmente, nem todas as marcas têm condições de manter e atualizar um perfil comercial no Facebook e/ou no Instagram. Por esse motivo, a OWL lançou o projeto Primeiro Voo com o objetivo de possibilitar, ao pequeno e iniciante empresário colocar, da forma correta, sua marca no ambiente online. O projeto visa em oferecer o básico em um valor mais que acessível. Dentre os serviços estão: Website O cliente tem dois tipos de templates (temp 01 e temp 02) para escolher. Por ser um projeto de baixo investimento, os sites não exclusivos. Facebook Para a empresa que não tem nenhum perfil na maior rede social do mundo, estará incluso a criação de uma fanpage já com a capa personalizada e com até 1000 seguidores. Google Maps Imagine facilitar o acesso do seu cliente ao seu negócio? Muitas pessoas não se atentam, mas estar no Google Maps pode ser determinante para conquistar um cliente novo.

Como aumentar a presença online da sua marca? pt 1

novembro 19, 2018
Não é nenhuma novidade que o mundo está cada vez mais conectado. Serviços e empresas tem migrado para o ambiente virtual, alcançado mais pessoas e ampliando sua gama de serviços. Estar na internet, hoje em dia, é essencial para fortalecer a sua imagem ou a imagem da sua empresa. Uma prova disso veio através de um estudo realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em parceria com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). A pesquisa descobriu que 47% dos clientes só compram um item no ponto de venda físico depois de pesquisarem previamente na internet atributos como preço, características do produto ou serviço e opiniões de outros compradores. Se a sua empresa ainda não está na internet ou já está, mas tem tido baixos resultados, não deixe de ler esta matéria. Vamos trazer algumas dicas importantes para aumentar a presença on-line da sua marca. 1 – Tenha um website Ter um site própria é excelente para sua marca, uma vez que, aumenta sua credibilidade junto aos clientes. Sem falar que com um site você estará sempre aberto para realizar negócios, diferente do que acontece em uma loja física ou escritório, que possuem um horário fixo de funcionamento.  O site é uma facilidade a mais para o seu cliente, pois o seu cliente poderá acessar suas informações, conhecer seus produtos ou serviços a qualquer hora e em qualquer lugar. Sem falar que algumas operações realizadas pela internet, como a venda de produtos, possuem um custo bem menor do que as realizadas presencialmente. 2 – Mantenha seus dados atualizados seus dados É importante fazer o cadastro dos seus dados e mantê-los atualizados no Google Meu Negócio. É através dessa ferramenta que os consumidores têm acesso as informações sobre horário de funcionamento, localização, serviços, entre outros dados. 3 – Tenha uma fanpage As redes socais são uns dos sites mais populares da internet. Possuir uma conta lá para sua empresa é uma boa opção para se conectar aos seus clientes. Aproveite a visibilidade das redes sociais para publicar posts sobre suas novidades e serviços. Ah, é importante também não deixar de interagir com seus clientes. Jamais deixe de responder as dúvidas, reclamações e mensagens. Isso movimenta sua rede social e melhora sua reputação diante do público. Gostou das dicas? Então, continue ligado em nosso blog, pois temos mais algumas dicas para compartilhar com você.