Esqueça essas 3 técnicas antiquadas de ranqueamento

By Owl Interativa 3 semanas agoNo Comments
Esqueça-essas-3-técnicas-antiquadas-de-ranqueamento

O SEO é uma técnica pra lá de importante para alavancar um site e fazê-lo se destacar na internet. Quem pensa que basta decorar algumas regrinhas básicas para ter um bom resultado no posicionamento dos buscadores está redondamente enganado. O Google já fez diversas atualizações dos seus algoritmos, deixando-os ainda mais inteligentes para que os resultados das buscas sejam mais relevantes e contextualizados.

Quem não se atualiza quanto a essas técnicas poderá ter reduzido seu alcance e até mesmo sofrer punições da gigante das buscas por forçar um posicionamento com base em recursos ultrapassados e controversos para estar ranqueado. Pensando nisso, separamos 3 técnicas antiquadas de ranqueamento que devem ser deixadas de lado.

1 – Repetir muitas vezes a palavra-chave

Dizia um velho mandamento do SEO que se você quiser aparecer nos resultados do Google você precisa repetir várias vezes sua palavra-chave. Bom, essa orientação está no passado. Como mencionamos acima, os algoritmos sempre vão privilegiar a qualidade do conteúdo com base no contexto da pesquisa. Não adiante colocar aleatoriamente sua palavra-chave para aparecer bem posicionado.

O que vale a pena é construir um bom texto, isto é, um material rico de informação e que no existe uma boa fluidez de leitura.

2 – Fazer link baits não contextualizados

Outra técnica que está com os dias contados são os links baits. Sabe aqueles links que tem fotos e um título chamativo sobre um conteúdo ou leitura e quando você clica neles, você é redirecionado para uma página que não tem nada a ver?  Pois é, estes são os link baits.

Não é que você não possa utilizá-los. Acontece que a falta de contexto com o que o internauta busca é algo indesejado pelo algoritmo. Se for utilizar essa técnica, faça somente com conteúdos que de fato tenham a ver com o assunto.

3 –Fazer textos gigantescos

Quem disse que produzir um conteúdo rico significa ter um TCC publicado no seu blog ou site? Para ter um texto interessante basta saber abordar bem o assunto, responder as principais perguntas e ter fluidez. Você pode conseguir isso com menos de 200 palavras, por exemplo.

O mais indicado é que se construa textos com 300 a 500 caracteres, mas esta não é uma regra tão fixa assim. Basta que seu conteúdo seja de qualidade, seja ele grande ou pequeno. Textão não é sinônimo de primeiro lugar nas buscas.

E aí, qual destas técnicas você ainda utilizava? Comenta aqui embaixo.

Category:
  Inbound
this post was shared 0 times
 000

Leave a Reply

Your email address will not be published.