O jogo virou: Whatsapp vai punir empresas que demoram a responder

por Owl Interativa 3 meses agoSem comentários
O jogo virou: Whatsapp vai punir empresas que demoram a responder

Se tem algo que irrita bastante um consumidor ou cliente de uma empresa é ter um atendimento ruim. Quem nunca ficou sem resposta em uma rede social ou plataforma de comunicação que atire a primeira pedra. Brincadeiras à parte, a falta de interação é algo que deve ser evitada ao máximo por uma empresa. Esse tipo de situação afeta negativamente a reputação de uma marca na percepção de um cliente. Atenta a essa realidade, a equipe por trás do desenvolvimento do Whatsapp parece ter encontrado um jeito de forçar as repostas serem mais rápidas: cobrando um valor para mensagens não respondidas.

Vai doer no bolso?

A estratégia utilizada pelo Whatsapp não se trata apenas de uma benfeitoria da empresa. Por trás dessa iniciativa existe um interesse: gerar receita através do aplicativo. Esse já é um desejo antigo da equipe de desenvolvimento, uma vez que, a plataforma é bem popular e lá começo tinha uma política de pagamento de US$1 dólar anual pela sua utilização. Com a aquisição do app pelo empresário Mark Zuckerberg, essa tarifa foi eliminada.

Como vai funcionar?

A novidade veio por meio de uma nova API para o Whatsapp Business. Para quem não está familiarizado com os termos, API, se for explicada de forma simples trata-se de uma interface de programação, ou seja, um software embarcado na construção do aplicativo responsável por se comunicar com outras plataformas e dar suporte para a execução de tarefas.

No caso da nova API do Whatsapp Business, as empresas poderão responder gratuitamente seus clientes pela plataforma em até 24 horas. Ultrapassado esse limite, a ferramenta cobrará um valor de US$ 0,5 centavo a 9 centavos de dólar por texto, dependendo do país.

Apesar de parecer uma medida punitiva, a estratégia vai forçar com que as empresas se esforcem um pouco mais na hora de responder as mensagens. Dessa forma, o app se torna uma alternativa mais em conta e ágil para atender clientes e consumidores.

Categoria:
  Notícias
este post foi compartilhado 0 vezes
 000

Leave a Reply

Your email address will not be published.